Projeto “Divas Skateras” incentiva mulheres no esporte 

Compartilhe!

O skate se encontra em grande ascensão pelo público feminino, que tem buscado novas formas de se aventurar nas manobras e ocupar as pistas. Por conta disso, surgem novas iniciativas que contribuem para esse aumento, como é o caso das Divas Skateras que estão há 16 anos à frente dessa causa.

Os encontros são promovidos em eventos nas redes sociais, sendo o incentivo para as mulheres se juntarem e aprenderem a andar de skate de onde estiverem. Como estão no mundo virtual, o alcance é nacional e assim acontecem vários encontros simultâneos que são compartilhados entre elas como motivação.

Como surgiu o coletivo Divas Skateras?

Tudo começou em Cuiabá, quando Estefânia Lima viu um grupo de skatistas em uma avenida próxima de sua casa e, entre eles, havia uma mulher. Foi quando despertou o seu interesse pelo skate e percebeu a importância de ter o público feminino mais envolvido no esporte.

Em 2006 ao pesquisar outras meninas que também praticavam skate, Estefânia fundou o coletivo Divas Skateras, no qual mulheres poderiam se inspirar e motivar outras a também andarem de skates, a perderem o medo e se aventurarem nas manobras.

E o Divas hoje, é uma plataforma que conecta mulheres do Brasil ao skate, em prol do acolhimento, afinidade, no qual apesar do skate ser um esporte individual, seja ampliado ao coletivo, para se apoiarem e aprenderem juntas.

São bem-vindas mulheres de todas as idades, do infantil ao adulto. Estefânia promove diversos vídeos nas redes sociais, além de produzir conteúdos para blogs sobre o mundo do skate.

O coletivo também  abraça causas que ajudam skatistas que precisam de equipamentos especiais para praticar os esportes, por meio de campanhas de arrecadação.Os encontros são sempre virtuais, então todas as mulheres podem participar de onde estiverem, basta acompanharem os calendários de datas.

Já conhecia esse projeto?

Fonte: Globo Esporte

Leia também: Campeãs no surf e no skate 

spot_img

Related Posts

Rayssa Leal une moda de luxo da Louis Vuitton ao skatewear da Nike

A campeã olímpica Rayssa Leal venceu Tokyo 2020 com apenas 13 anos. Aos 11 se tornou a skatista mais...
spot_img