Paris 2024: Tati Webb e Gabriel Medina conquistam duas vagas nas Olimpíadas

Compartilhe!

Além deles, mais 6 surfistas foram classificados anteriormente: Filipe Toledo, João Chianca, Tainá Hinckel e Luana Silva, completam o time de atletas que vão representar o esporte e o país, em Paris 2024.

O surf brasileiro no início deste mês garantiu as vagas extras para participar dos Jogos Olímpicos, Medina e Tati representaram o esporte e vão disputar as medalhas. As vitórias foram consagradas no ISA Games que teve a classificatória como uma de suas etapas.

Tatiana Weston-Webb

A Tati conseguiu a classificação para as Olimpíadas em abril de 2023 e foi a última representante do Brasil; ela disputou com garras o título no Isa Games em Porto Rico, para garantir vagas extras para o surf feminino nacional. 

Disputou a repescagem com Tainá Hinckel, que estava no top 12 do Isa Games mas acabou sendo eliminada e consagrou a vitória de Webb. Luana Silva herdou a última vaga classificatória para Paris 2024.

Gabriel Medina

Medina só conseguiria a sua classificação se fosse campeão e não tivesse os surfistas franceses Kauli Vaast e Joan Duru como vice; ele foi à luta e conquistou nota 9, não conseguiu bater a nota de Ramzi Boukhiam, mas na última bateria se recuperou e conseguiu 16.40. 

Além de conseguir vaga em Paris 2024, ainda está na final da  5ª temporada do WSL, que aconteceu no último dia 25 em Bells Beach na Austrália. Medina segue para a final, junto a Miguel Pupo, Yago Dora e o campeão de Tokyo 2020, Italo Ferreira.

Filipinho se garantiu na etapa de Jeffrey’s Bay e João Chianca se credenciou na última etapa da temporada regular, na WSL de Teahupoo. Yago Dora foi eliminado na primeira bateria de repescagem deste domingo. 

Mas com 6 atletas nas Olimpíadas, já podemos comemorar que estaremos bem representados no esporte. Para quem vai a sua torcida?

Leia também: STU National 2024:  Lucas Rabelo vence final street masculina

spot_img

Related Posts

Rayssa Leal une moda de luxo da Louis Vuitton ao skatewear da Nike

A campeã olímpica Rayssa Leal venceu Tokyo 2020 com apenas 13 anos. Aos 11 se tornou a skatista mais...
spot_img