Vitória de Rayssa Leal na Street League

Compartilhe!

A fadinha do skate conquistou mais um título, em uma Liga Mundial de Skate Street, que aconteceu no dia 6 de novembro, no Parque Olímpico, Rio de Janeiro. A sua vitória foi dada em sua última manobra que a definiu campeã da competição.

A última fase da Street League, foi a Super Crowl em solo nacional. Já as fases anteriores ocorreram em Jacksonville, Seattle e Las Vegas. Rayssa Leal, maranhense de 14 anos, se tornou destaque no mundo todo ao ganhar medalhas de ouro e prata, na estreia do skate nas Olimpíadas.

Competição acirrada

Rayssa venceu o primeiro lugar em todas as fases do campeonato da Street League, mas a competição que concedeu essa vitória, foi dada nos últimos segundos com uma manobra que lhe rendeu pontos extras e garantiu o título de campeã mundial SLS.

Durante o campeonato, Rayssa teve que parar por alguns momentos para ter atendimento médico, já que estava com uma intensa dor em seu abdômen e isso estava prejudicando a sua continuidade na competição, rendendo uma pontuação baixa.

Mas o que parecia prejudicar a sua performance durante as apresentações, só a deu mais força e persistência, pois ela resolveu continuar e dar o seu melhor, o que lhe rendeu os 7,4 pontos. Assim, ela saiu da terceira colocação para a primeira com o total de 21,1 pontos no placar.

No pódio, em segundo e terceiro lugar ficaram as medalhistas olímpicas Funa Nakayama com 19,4 pontos e Momiji Nishiya 19,2, enquanto Rayssa teve 21,1.  O Brasil foi bem representado nas competições com a também skatista Pâmela Rosa que garantiu o quinto lugar e Gabi Mazetto em sétimo.

Rayssa deu uma aula de como conseguir dar a volta por cima, algo que é muito importante no skate, se manter centrada e concentrar nas manobras, assim conseguiu levar mais um título para a casa.

Qual será o próximo título que a Rayssa Leal irá conquistar?

Fonte: Globo Esporte

spot_img

Related Posts

Rayssa Leal une moda de luxo da Louis Vuitton ao skatewear da Nike

A campeã olímpica Rayssa Leal venceu Tokyo 2020 com apenas 13 anos. Aos 11 se tornou a skatista mais...
spot_img