Surf nas Olimpíadas

Compartilhe!

Estréia nas Olimpíadas de Tóquio 2020, o Surf, que chega com a missão de dar aquele refresh e uma pegada mais jovem à competição mundial!

A modalidade que depende exclusivamente da natureza será disputada na praia de Tsurigasaki, em Chiba.  Assim como o skate, a competição olímpica contará com 20 homens e 20 mulheres. Cada país pode inscrever no máximo dois competidores por gênero.  

Nas Olimpíadas teremos quatro surfistas disputando cada bateria e os dois melhores seguem para a fase seguinte. As baterias terão a duração de 20 e 25 minutos, dependendo das condições do mar. 

Formato Olímpico

Ao todo, na disputa serão 40 surfistas, sendo 20 homens e 20 mulheres. Cada país pode levar, no máximo, quatro representantes.

Os surfistas competirão em um formato que contará com rodadas iniciais, que terão baterias de quatro e cinco atletas e as principais, que terão baterias de dois participantes, onde o vencedor avança para a próxima rodada e o perdedor é eliminado. Estas, levam para decisões de ouro e bronze. 

A competição normalmente possui a duração de uma bateria de 30 minutos dependendo das condições da natureza do dia. 

Durante este tempo, cada atleta terá permissão para surfar no máximo 25 ondas. Dessas ondas,  as duas de maior pontuação serão contabilizadas na bateria total.


Critérios de julgamento

Os surfistas serão avaliados por um painel composto por cinco juízes, que avaliarão cada corrida com base nos critérios de julgamento. 

Os critérios são baseados nos elementos de comprometimento e grau de dificuldade, portanto espere por muitas combinações,  manobras inovadoras e progressivas que terão variedade e velocidade!

Sendo assim, ao invés de realizar uma grande quantidade de manobras ou surfar o maior número de ondas possíveis, os surfistas serão seletivos na escolha das ondas.

Como as manobras não têm pontuação prescrita, o acúmulo de pontos depende da aplicação geral dos critérios a cada corrida inteira. 

Por isso, podemos esperar um verdadeiro espetáculo dos nossos atletas Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Silvana Lima e Tatiana Weston-Webb, que irão surfar na praia de Tsurigasaki, no Japão.

spot_img

Related Posts

Rayssa Leal une moda de luxo da Louis Vuitton ao skatewear da Nike

A campeã olímpica Rayssa Leal venceu Tokyo 2020 com apenas 13 anos. Aos 11 se tornou a skatista mais...
spot_img