Kelly Slater projeta se aposentar depois de Paris 2024

Compartilhe!

O surfista profissional de 51 anos, Kelly Slater nasceu em Cocoa Beach na Flórida, já conquistou diversos prêmios, é 11 vezes campeão mundial e bateu recordes históricos. Ele ainda sonha em conquistar medalhas na próxima Olimpíadas e encerrar a sua carreira em grande estilo.

Piscinas de ondas artificiais do Kelly Slater

É o responsável pela piscina de ondas artificiais mais conhecida, onde vários surfistas disputam títulos mundiais. Gabriel Medina venceu duas vezes em 2018 e 2019; já Ítalo Ferreira ficou em primeiro lugar em 2021.

Conquistas memoráveis de Slater

Slater no Billabong Pro Pipeline, Havaí

Slater já esteve em ondas brasileiras, onde foi apelidado de “Superboy”, estava na disputa do Alternativa Surf em 1992 e, com apenas 20 anos de idade, conquistou o título de campeão mais novo da história. 

Já aos 39 anos em 2011, recebeu o título de campeão mais velho da história, foi o seu 11º título, representou a equipe Quiksilver em São Francisco, nos Estados Unidos. Também teve 55 vitórias em eventos.

Em 2022, poucos dias antes de completar 50 anos, ganhou como o vencedor mais velho de uma etapa no circuito Mundial do Surf no Billabong Pro Pipeline, Havaí.

O sonho das Olimpíadas 2024

Os próximos Jogos Olímpicos serão sediados em Paris (França). O surf e skate entraram nas Olimpíadas de Tóquio em 2020, foi sua primeira participação em esportes olímpicos, onde ambos tiveram medalhistas brasileiros como os skatistas Kevin Hoefler e Rayssa Leal. Já no surf, Ítalo Ferreira brilhou no pódio, com a medalha de ouro que ganhou na competição.

E o memorável Kelly Slater também quer disputar esse episódio no surf. Em 2020 ele não foi classificado para as Olimpíadas, alegou em entrevistas, que é bem difícil passar nas classificatórias, já que são apenas dois competidores de cada país.

“É um bom presságio da minha história e das minhas melhores habilidades. Então, tenho dito que acho que tenho mais dificuldade para entrar no time do que para ganhar uma medalha de ouro. Acho que minhas chances são melhores de ganhar uma medalha do que entrar para o time agora, porque o circuito é longo.” – Slater

Mas ele estava nessa batalha para disputar as Olimpíadas de 2024, com o objetivo de conquistar mais um título mundial e se aposentar em triunfo. Então tudo pode acontecer, Slater tem muitas chances e é merecedor desse título em 30 anos de carreira.

Porém, nem tudo está perdido. Caso não se classifique no Circuito 2023 e esteja entre os 10 melhores, pode disputar título na Surf City El Salvador ISA World Surfing Games, mais conhecido como ISA GAMES, em Puerto Rico. ISA é a Associação Internacional do Surf.

Classificatórias do Surf para Olimpíadas 2024

Os países sede têm direito a duas vagas (1 feminino e 1 masculino). De modo geral, serão 48 atletas, 24 feminino e 24 no masculino. São 8 surfistas a mais que a edição anterior. Terão classificatórias por atletas e também por equipes dos Comitês Olímpicos Nacionais

Classificação por atletas

  • Circuito (Championship Tour – CT) da Liga Mundial de Surfe (WSL) de 2023;
  • Jogos Mundiais de Surf da ISA 2023;
  • Jogos Pan-americanos 2023;
  • Jogos Mundiais de Surf da ISA 2024.

Classificação por equipes dos Comitês Olímpicos Nacionais

  • Jogos Mundiais de Surf da ISA 2022;
  • Jogos Mundiais de Surf da ISA 2024.

A equipe que conquistar a medalha de ouro nos Jogos Mundiais de Surf da ISA 2024,  terá uma vaga para o Comitê Olímpico Nacional (CON). As demais vagas serão distribuídas por atletas.

Está torcendo para o Kelly Slater entrar nas Olimpíadas?

Fique por dentro das novidades sobre campeonatos no Blog da Over

Fonte: The Guardian, Yahoo, UOL, Globo Esporte, Exame e Olympics

spot_img

Related Posts

Rayssa Leal une moda de luxo da Louis Vuitton ao skatewear da Nike

A campeã olímpica Rayssa Leal venceu Tokyo 2020 com apenas 13 anos. Aos 11 se tornou a skatista mais...
spot_img