Circuito Mundial do Surf: Filipe Toledo é tetracampeão da etapa Brasil

Compartilhe!

O surfista está sendo chamado de o “Rei de Saquarema”, já que conquistou o título do campeonato pela terceira vez consecutiva, que ocorreu no Oi Rio Pro, na capital nacional do surf.

O título foi conquistado no dia 29 de junho, em mais uma etapa brasileira da WSL, Liga Mundial do Surf com o Championship Tour. O atleta Filipe recebeu nota 10 em seu aéreo, enquanto competia com Samuel Pupo, que estava no campeonato pela primeira vez.

Antes do título Filipe Toledo ultrapassou essa marca com os 17,36 da semifinal e conseguiu quebrar recordes durante a disputa.

Recordes no surf em mares nacionais

Filipe Toledo com prêmio da WSL etapa Saquarema, vence e se torna tetracampeão
Filipe Toledo com prêmio da WSL etapa Saquarema, vence e se torna tetracampeão

Essa disputa rendeu o Troféu Mano Ziul por bater os recordes de notas computadas. Agora, Filipe se tornou tetracampeão por conquistar a premiação pela quarta vez, em 3 anos consecutivos em 2018, 2019 e 2022. Ele é o primeiro a conquistar o título com datas seguidas (2020 e 2021 não houve competições por conta da pandemia).

E assim se igualou ao shaper e ex-atleta da WSL Dave Macaulay, o único surfista australiano que conquistou quatro vitórias em etapas válidas pelo título mundial no Brasil, em 1986 em Florianópolis, SC e depois na Barra da Tijuca, RJ nos anos de 1988, 1989 e 1993.

Atualmente, Filipe foi classificado para a WSL Finals, para competir o reconhecimento dos maiores surfistas nomeados “grandes campeões” da temporada de 2022, além de ser o primeiro surfista a ter o passaporte carimbado para o Trestles, outro campeonato de surf realizado na praia de San Clemente, Estados Unidos.

Curiosidade: O que é Troféu Mano Ziul?

Filipe toledo e Carissa Moore com troféu Mário Ziul
Filipe toledo e Carissa Moore, norte-americana que venceu no feminino, com troféu Mário Ziul

O troféu tem esse nome por fazer referência ao Mano Ziul, responsável por tornar o Surf o primeiro esporte do mundo a ter transmissões ao vivo pela internet, que faleceu há duas semanas da competição e foi homenageado pela organização do campeonato.

Ele era apelidado por “mago da computação do surf” e foi presenteado ao atleta que tivesse as duas maiores notas, com a somatória dos computadores, que possui um sistema criado por ele.

E você, vai torcer pro Filipe Toledo na WSL Finals?

Fonte: Folha dos lagos, Yahoo


Leia também: 1º Festival de surf feminino no Havaí


spot_img

Related Posts

Rayssa Leal une moda de luxo da Louis Vuitton ao skatewear da Nike

A campeã olímpica Rayssa Leal venceu Tokyo 2020 com apenas 13 anos. Aos 11 se tornou a skatista mais...
spot_img