Como surgiu a moda sufwear?

Compartilhe!

O surf é um esporte radical que exige muitas técnicas, equilíbrio e manobras radicais sob as ondas. A história do esporte começou na Polinésia e se popularizou em 1700 na Oceania, mas só chegou às terras praianas da Califórnia, em 1885. Isso há 138 anos! Há muito tempo, não é mesmo?

Tom Blake, uma das principais personalidades do surf, ao final da década de 20, estudou sobre pranchas e outros materiais que pudessem usar sob as ondas e, a partir disso, foi complementando técnicas até se tornar a adrenalina que conhecemos hoje.

E isso foi muito além de um esporte, se tornou estilo de vida, moda e até uma característica marcante dos apaixonados pelo surf.

O impacto da moda sufwear nos dias atuais

De início, por se tratar de climas quentes, os surfistas utilizavam roupas de algodão e lã, que não contribuíam muito para as manobras. Com o decorrer do tempo, o surf ganhou proporções expansivas e assim, passou a ser pensado em quais roupas seriam adequadas para a prática.

Atualmente, surgiram novas modas voltadas para o esporte, como roupas especiais, pranchas e estampas que são apelidadas de flor de surfista, por lembrar o clima havaiano. São encontradas em lojas apropriadas ou alternativas.

A marca O’Neill teve sua primeira loja de surf em uma simples garagem, em 1953 e, anos depois, vieram as maiores referências como Billabong, Rip Curl e Quiksilver. Hoje encontramos essas lojas em shoppings e vitrines, com uma pegada mais urbana e despojada.

A peça essencial de todo surfista é a neoprene, por ser um tecido com isolamento térmico, que pode ser utilizado em regiões mais frias, além de manter a temperatura do corpo.

Grifes de luxo com a moda surfwear 

Esse estilo tem ganhado até a passarela de grandes grifes conceituadas, como Chanel, Gucci e Balenciaga. O estilo também é adepto para quem não pratica o esporte, mas gosta do visual praiano “surfista”.

A grife Chanel lançou a coleção Resort 2024 em Los Angeles, com maiôs de asa delta, shorts curtos e o top de biquíni para expor o look praiano na passarela. São os pontos-chave da moda surfwear de luxo.

Gucci lançou neoprene e óculos de lente espelhada no seu desfile na Coreia do Sul, além de complementar os visuais com prancha de surfe e acessórios esportivos.

A Burberry e a Saint Laurent lançaram pranchas de surf de longboard cromado,  com valores entre $4 mil a $37,5 mil dólares. É a evolução da praia aos clubes e eventos, que fazem o surf ir muito além das ondas.

Louis Vuitton fez uma collab com o rapper e estilista americano Pharrell Williams, ele assinou a sua primeira coleção masculina, além de uma prancha de surf junto ao artista Yayoi Kusama por $13 mil dólares.

Por que o surfwear vai além da moda praiana?

As marcas buscam se aprimorar e com isso, querem a identificação do público nas suas coleções. Para conquistar novos compradores e apaixonados pelo surfwear, lançam versões mais sofisticadas, e assim criam uma nova moda para o estilo de vida radical.

Assim, algo mais leve como moda praia sendo o surfwear, skatewear que se submete ao despojado e o streetwear que é o estilo urbano, recebem uma nova retratação para serem identificados nas grifes de luxo.

O surf conquistou as Olimpíadas, as passarelas e está mais presente nas telas do cinema. A moda surfwear ganhará ainda mais destaque, pois muitos atletas já são adeptos desse estilo, e acabam inspirando outros jovens a segui-los.

Claro que o estilo das grifes foge totalmente da proposta do skate, que é mais radical , mas é um reconhecimento e inspiração do esporte que lançam essas tendências.

O que você achou da moda surfwear nas passarelas de luxo?

Fonte: GSHOW

Leia também: Billabong muito mais que uma marca de surt

spot_img

Related Posts

Rayssa Leal une moda de luxo da Louis Vuitton ao skatewear da Nike

A campeã olímpica Rayssa Leal venceu Tokyo 2020 com apenas 13 anos. Aos 11 se tornou a skatista mais...
spot_img